domingo, 5 de novembro de 2017

Reese Whiterspoon



É uma das mulheres mais belas do mundo mas também uma das jovens actrizes mais talentosas de Hollywood. Sabe gerir a sua imagem como poucas, desdobrando-se entre as habituais comédias de loiras e os papeis que sempre sonhou fazer.
Ela pode já não ser nenhuma "teen queen", mas tem o sorriso de uma verdadeira miss América...

Ela é loira, bonita, sensual, bem feita e talentosa. Parecendo que não mas em Reese Whiterspoon estão todas as caracterisitcas intrinsecas a uma jovem actriz de sucesso nos EUA. Por este ponto de vista até parece natural que o sucesso fosse o seu destino óbvio. Mas a jovem actriz só lá chegou depois de muito trabalho.

A jovem actriz de 28 anos nasceu a 22 de Março de 1976 na capital do estado da Louisiana, Baton Rouge. Uma tipica menina do sul portanto. E quem olha para aquele olhar inocente parece não acreditar, mas a verdade é que Reese já é mãe de familia há algum tempo. Casou em 1999 com Ryan Phillipe, com quem contracena em Cruel Intentions, e dele tem já dois filhos, Ava, filha com 5 anos e ainda o jovem Deacon de um ano de idade.


A sua carreira no cinema não começou muito cedo. Tinha Reese 15 anos quando surgiu em The Man on the Moon e já aí a sua beleza celestial e o seu talento começavam a despontar claramente. Depois de uma curta passagem pela televisão, a jovem "sulista" voltou ao grande ecrãn para fazer A Far Off Place e ainda Jack the Bear.
As trocas entre series de televisão e telefilmes e o cinema de Hollywood foram continuando à medida que a pequena Reese ia crescendo. Para trás tinha já ficado o pequeno trauma de ter estrago a audição para Cape Fear, tendo perdido o papel para Julliete Lewis.
S.F.W e Freeway marcaram o seu regresso ao cinema, que traria em 1996 um filme polémico, Fear, onde se despia para Mark Whalberg, tendo na altura apenas 20 anos, mas pouco depois Reese fez uma curta pausa para se dedicar ao curso de Literatura Inglesa na Universidade de Stantfford, curso que completou com sucesso.


O ano de 1998 acabou por ser bastante positivo para a jovem Reese. Não só por entrado em Pleasentville, um dos melhores filmes do ano, ao lado de Joan Allen e Tobey Maguire, mas também pelos seus desempenhos muito positivos em Twilight, ao lado dos gigantes Susan Sarandon, Gene Hackman e Paul Newman, e ainda na divertida comédia Overnight Delivery.
Em 1999 foi simplesmente notável na versão juvenil de Cruel Intentions, exibindo-se de forma mais sexy do que a "original" Michelle Pfeifer, num filme em que contracena com o seu actual marido Ryan Phillipe, e no ano seguinte houve Election, num filme de Alexander Payne. No mesmo ano entrou ainda em Best Laid Plans.


No ano seguinte encontramos a já mãe Reese Whiterspoon em American Psycho, o violento filme de Mark Harron com Christian Bale em grande destaque. No ano seguinte pela primeira vez a jovem actriz entraria no universo de Elle Woods, no filme Legally Blonde, um enorme sucesso, tanto de bilheteira como de critica, que fez disparar de imediato a sua popularidade. No ano seguinte seria uma das estrelas do controverso The Importance of Being Ernest, e voltava a casa com Sweet Home Alabama, antes de em 2003 atacar Washington como Elle Wood no divertido Legally Blonde: Red, White & Blonde. O sucesso do filme foi tal que Reese Whiterspoon foi mesmo considerada a 22º actriz mais poderosa de Hollywood.


Para 2004 espera-se mais de Reese. Iremos vê-la em Vanity Fair, o novo filme de Mira Nair, e também em Walk the Line e Whitout, filmes ainda em pós-produção e que portanto só devem chegar a Portugal no próximo ano.
Quanto a outros projectos futuros, temos a produção conjunta da Type A Films, a sua própria produtora, e da Universal Sports Widow, uma divertida comédia sobre uma mulher que decide aprender tudo sobre desporto para rivalizar com o marido, um maniaco de futebol, e ainda o filme Rapunzel Unbraid, que só deve ser realizado depois de 2006.


Como é fácil de ver Reese Whiterspoon é de facto um nome a ter em conta. Aos 28 anos não será dificil adivinhar que a bela loirinha (que segundo boatos recentes virou morena) se prepara para atacar papeis mais intensos, daqueles com que sonhava na infância passada entre a Alemanha e o sul dos EUA. Não teremos aqui uma nova Scarlett O´Hara, mas as boas indicações que já tem dado permite-nos ter altas expectativas.
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Recomendamos